top of page

Flu arrasa o Volta Redonda, 7x0, e leva até Marcelo à loucura

Com um primeiro tempo alucinante, o Fluminense arrasou o Volta Redonda neste sábado (18/3) no Maracanã, 7x0, pelas semifinais do Campeonato Carioca. Com a goleada, o Tricolor das Laranjeiras, que tinha perdido o primeiro duelo por 2x1, avançou para a decisão da competição - o adversário sairá do confronto entre Vasco e Flamengo, que jogam neste domingo (19/3), também no Maracanã. O Rubro-negro venceu na ida, 3x2.


A vitória incontestável do Flu, que teve transmissão da Band para todo o Brasil, fez até o lateral Marcelo (ex-Real Madrid), que ainda não estreou, vibrar muito no Maracanã. Os gols foram marcados por Cano (quatro vezes), Samuel Xavier, Alexsander e Martinelli.

PRIMEIRO TEMPO


Logo com três minutos, o Fluminense tirou a vantagem do Volta Redonda. Keno fez boa jogada e o lateral-direito Samuel Xavier deu uma de centroavante e completou para o gol: 1x0. E tinha mais: aos sete, após falta cobrada por Arias, Nino cabeceou, o goleiro Vinícius espalmou e Cano fez no rebote: 2x0.

Após o bom começo, o Tricolor das Laranjeiras diminuiu um pouco o ritmo, o que fez o técnico Fernando Diniz dar um puxão de orelha na equipe. E logo o Flu chegou ao terceiro gol. Aos 23, Paulo Henrique Ganso deu linda assistência para o lateral-esquerdo Alexsander, que só tocou na saída do goleiro do Voltaço: 3x0. Foi o primeiro gol do jogador com a camisa tricolor. O começo arrasador levou até o lateral Marcelo, principal reforço do time, à loucura.

O Volta Redonda tentava rodar a bola, mas não conseguia ameaçar a meta de Fábio. E ainda sofreu o quarto gol. Alexsander fez boa jogada com Arias e a bola chegou para Martinelli fazer 4x0 aos 39. Atordoado, o Voltaço levou mais um aos 47, outra vez com Cano: 5x0.



SEGUNDO TEMPO


O segundo tempo começou com um lance feio. Após uma dividida com Bruno Barra, o goleiro Fábio sofreu uma pancada no rosto e teve que ser substituído por Pedro Rangel. Quando o jogo recomeçou, quase Martinelli fez o sexto, mas a bola bateu na trave. Samuel Xavier também acertou a trave. Mas o sexto gol logo viria em pênalti de Alix Vinícius (foi expulso) em Arias, assinalado pelo VAR. Cano bateu aos 16 e fez 6x0. Foi o 13º gol do argentino no Estadual, igualando-se a Lelê, do Volta Redonda.


Com a vaga já garantida, o técnico Fernando Diniz fez várias modificações. Mas ainda saiu o sétimo, outra vez com Cano, aos 40, após passe de Keno: 7x0. Foi o 14º gol do argentino, agora artilheiro isolado do Carioca.


CARIOCA NA BAND


O jogo teve a transmissão da Band para todo o Brasil, com narração de Robby Porto e comentários de Washington e Ricardo Rocha.


Foto de capa: Twitter / Fluminense


34 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page