top of page

Santa Cruz: "É preciso focar em ganhar e depois fazer conta"

O xerife Ricardo Rocha não escondeu a preocupação com o futuro do Santa Cruz. O Tricolor do Arruda vive um na Série D do Campeonato Brasileiro. Isso porque a equipe coral pode ficar com o calendário bastante comprometido no próximo ano em caso de eliminação precoce. Apesar de salientar a dificuldade, ele frisou que os jogadores não podem deixar de acreditar na classificação para a segunda fase e precisam vencer o último jogo contra o Iguatu, no domingo (23).


"Acho que os jogadores precisam focar em ganhar e depois eles fazem as contas. Se vencer, acho que pode existir um gás. Vamos esperar como acaba a trajetória na Quarta Divisão. Se não subir, o próximo ano será muito difícil. Não quero dizer que o cenário está definido, mas também não tem como iludir esse torcedor, que tanto já sofreu", disse o xerife.


O ex-jogador e ídolo do Santa Cruz também lamentou a falta de qualidade do time tricolor diante dos frágeis adversários do Grupo 3 da Série D. Ricardo Rocha ainda pontuou que mais do que nunca o clima de união precisa prevalecer dentro da Cobra Coral.


"Não é possível que esses times que enfrentaram o Santa Cruz possuem um time melhor, dentro da realidade da competição, do que é a Série D. Não tem que buscar culpado. Independente de quem estiver no comando, todos precisam se unir. Em campo, o time não anda. Nesse último jogo, saiu atrás do Potiguar jogando em casa. Ainda tem uma chance, acredito que é possível, mas não depende apenas de si", afirmou.

46 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page