top of page

“Não tem o que falar do torcedor do Santa Cruz”

O Santa Cruz vive um momento delicado na temporada. Fora do G-4 do Grupo 3 da Série D, a Cobra Coral corre risco de não avançar no Campeonato Brasileiro e, consequentemente, ficar sem calendário em 2024. Na última segunda-feira (10/7), perdeu para o Campinense por 2x0 e até o técnico Felipe Conceição foi demitido, faltando duas rodadas para o fim da primeira fase.


Ídolo e ex-jogador do Santa Cruz, o Xerife Ricardo Rocha saiu em defesa da torcida coral, após uma declaração do consultor do clube, Sandro Barbosa. O dirigente justificou o atraso no pagamento dos salários dos jogadores em virtude da queda de público nos últimos jogos.

“Sandro é meu amigo, mas ele comete um erro quando fala que o salário está atrasado porque o torcedor não está indo para o jogo. Essa torcida, pelo que tem feito, não tem nem o que falar no nome do torcedor. Sei que ele está lá dentro, trabalhando com a diretoria, tem muitas dificuldades, mas não fale do torcedor. Ele (torcedor) é a maior conquista desse time nos últimos 20 anos”, afirmou Ricardo Rocha.

Foto: Evelyn Victoria/SCFC

63 visualizações0 comentário

Opmerkingen


bottom of page