top of page

Fala Xerife: "Futebol pernambucano tem parar de ser Forrest Gump, contador de histórias"

Após mais uma temporada de insucessos, o futebol pernambucano almeja dar a volta por cima em 2024 em termos nacionais. O Sport vai para o terceiro ano consecutivo na Série B do Campeonato Brasileiro, enquanto o Náutico vai tentar mais uma vez sair da Terceira Divisão, enquanto o Santa Cruz vai em busca de recuperar seu calendário nacional em 2025.


Um sopro de esperança é a chegada de novos treinadores no trio de ferro da capital. O Leão apostou no argentino Mariano Soso. O Timbu vai de Allan Aaal; a Cobra Coral de Itamar Schülle.


Para o Xerife Ricardo Rocha, o futebol pernambucano precisa acabar com o complexo de Forrest Gump (filme de 1994 estrelado por Tom Hanks, no qual narra sua vida e suas histórias). "Eu como pernambucano torço muito para melhorar. O futebol pernambucano precisa parar de contar histórias, de ser Forrest Gump. Precisa estar todo mundo unido, parar de brigar e trabalhar para melhorar", enfatizou.





60 visualizações0 comentário
bottom of page